Carregando

Procedimentos


Selecione um procedimento para ver os detalhes.

Tratamento de Câncer de Pele


Descrição do Procedimento:

O câncer de pele pode se desenvolver em qualquer tipo de pele, mas os riscos são maiores em pessoas de pele e olhos claros, história familiar de câncer e grande exposição ao sol, dentre outras.

Há 3 tipos básicos de câncer de pele: o carcinoma baso celular, o carcinoma espino celular e o melanoma cutâneo. Os 2 primeiros, na grande maioria das vezes, são lesões localizadas e tratadas com a cirurgia e a retirada dos mesmos. Já o melanoma é uma lesão bastante grave, que se não for diagnosticada no começo, pode ser inclusive fatal. O diagnóstico precoce é importante para que o cirurgião tenha a chance de se deparar com a lesão no começo de seu desenvolvimento. Caso se demore para procurar tratamento médico, podem ser necessárias cirurgias mais complexas e até amputações de membros.


Pré-operatório:

- Caso apresente algum sintoma como febre, gripe ou infecção, avisar com antecedência;
- Não tomar medicamentos que contenham ácido acetilsalicílico (AAS, Aspirina) pelo menos uma semana antes da cirurgia, pois estes aumentam a possibilidade de sangramento;
- Não tomar medicamentos para emagrecer por pelo menos 20 dias antes da cirurgia;
- Evitar fumar por pelo menos 1 mês antes da cirurgia.


Pós-operatório:

Após a cirurgia de câncer de pele, os locais da incisão podem ficar doloridos, vermelhos ou drenar pequenas quantidades de líquido. É importante seguir todas as orientações dadas pelo cirurgião tais como cuidados com a ferida, limpeza e aplicação de medicamentos tópicos, você poderá retornar a atividades leves no dia de sua cirurgia. Certifique-se de manter o local da incisão limpo e bem protegido de uma possível lesão e tente limitar o movimento que possa forçar o ferimento e as suturas.


Complicações:

Enxertos de pele têm um risco adicional de que o enxerto não “vingue” e, por conseguinte, pode ser necessário haver uma cirurgia adicional para fechar a ferida.

Preserve a sua saúde: Depois de ter sido diagnosticado com câncer de pele, você apresenta maior risco de desenvolver câncer de pele que a população geral. O câncer de pele também pode reaparecer. Então, é importante discutir os sinais de câncer de pele com o seu médico, fazer, regularmente, o autoexame de lesões suspeitas, e agendar o exame anual de rastreamento de câncer.


Resultados:

A cicatrização vai continuar por várias semanas ou meses. Pode demorar um ano, ou mais, para se obter o resultado final da cicatriz. Em alguns casos, procedimentos secundários podem ser necessários para finalizar ou refinar a reconstrução.

Proteja-se adequadamente do sol durante toda a vida e evite fumar para garantir a cicatrização contínua e a boa saúde. A exposição ao sol em feridas em cicatrização pode resultar em cicatrizes e pigmentação irregular que podem se tornar vermelhas ou escuras. A exposição ao sol pode resultar em recorrência do câncer de pele, ou desenvolvimento de câncer de pele em outra região de seu corpo.


Anestesia:

Peridural ou geral e em alguns casos, sendo as lesões menores passíveis de serem realizadas com local .


Tempo de Cirurgia:

Lesões pequenas seriam extirpadas em um período não maior do que 30 minutos.... ja as maiores precisam ser avaliadas, podendo chegar a horas de procedimentos


Tempo de Internação:

As lesões menores não necessitam de internação, sendo de âmbito ambulatorial... as maiores com retalhos e enxertos podem necessitar de internações de 1 a 4 dias, dependendo da gravidade!