Carregando

Procedimentos


Selecione um procedimento para ver os detalhes.

Cirurgia das Coxas


Descrição do Procedimento:

A Dermolipectomia das Coxas consiste na retirada de gordura e pele em excesso desta região do corpo.

É uma das cirurgias plásticas mais realizadas para os casos de grandes emagrecimentos, já que a pele quando excessivamente estirada, dificilmente retrai.

 O procedimento pode ser realizado isoladamente, mas geralmente é associado à lipoaspiração, com melhores resultados e melhor contorno corporal.

A dermolipectomia não deve ser considerada como tratamento de obesidade, ou substituto de dietas e exercícios físicos.


Pré-operatório:

- Caso apresente algum sintoma como febre, gripe ou infecção, avisar com antecedência;
- Não tomar medicamentos que contenham ácido acetilsalicílico (AAS, Aspirina) pelo menos uma semana antes da cirurgia, pois estes aumentam a possibilidade de sangramento;
 - Não tomar medicamentos para emagrecer por pelo menos 20 dias antes da cirurgia;
 - Evitar fumar por pelo menos 1 mês antes da cirurgia.


Pós-operatório:

O paciente deve evitar o excesso de movimentos, principalmente abrir muito as pernas, visto que a cicatriz se encontra próximo à virilha e será forçada nestes casos.

É importante ficar em repouso relativo, ou seja, caminhadas tranquilas dentro de casa são recomendadas para estimular a circulação sanguínea.

 O retorno às atividades habituais ocorrerá por volta de 15-20 dias. Será necessário o uso de uma malha compressiva por pelo menos 45 dias.


Complicações:

Entre as infreqüentes complicações da dermolipectomia de coxas, porém possíveis, podem ser citados: hematoma, seroma, infecção, necrose (sofrimento da pele), deiscência (abertura da sutura), quelóide, trombose, embolia e problemas anestésicos.

Por serem as complicações mais freqüentes em paciente fumantes, estes devem se abster do cigarro por um mês antes da cirurgia, para minimizar os riscos. No caso de uso de anticoncepcional oral ou injetável, deve-se suspender o uso 1 mês antes da cirurgia, período no qual outro método anticoncepcional deve ser adotado.  


Resultados:

É recomendada a espera de  pelo menos seis meses para as coxas chegarem a sua forma definitiva. Nos primeiros meses, há uma diminuição da sensibilidade da raiz da coxa, que, gradativamente, volta ao normal. 


Anestesia:

Peridural ou geral e em alguns casos local com sedação.


Tempo de Cirurgia:

entre 3 e 5 horas de procedimentos


Tempo de Internação:

de 1 a 4 dias na dependência de cada caso